Tv espinha de peixe News


por Folhapress
Polícia prende mais de 300 pessoas em protesto na capital russa
Foto: Reprodução / Diario do Nordeste
A polícia prendeu 317 pessoas em uma mobilização não autorizada nas imediações da Prefeitura de Moscou, na manhã deste sábado (27). Os manifestantes estavam reunidos para protestar contra a exclusão de candidatos independentes e da oposição das eleições municipais, que acontecem em setembro.

Autoridades afirmam que os candidatos foram barrados porque não atingiram o número mínimo de assinaturas para a participação no pleito, afirmação contestada pelos oposicionistas.

Embora as eleições sejam locais, ativistas enxergam uma oportunidade de conseguir projeção na capital russa, onde os candidatos apoiados pelo Kremlin têm sido menos populares do que em outras partes do país.

Na noite de sexta-feira (26), aliados de Alexei Navalny -opositor ao presidente Vladimir Putin- alegaram que a polícia invadiu suas sedes de campanha. O próprio Navalny foi sentenciado na quarta-feira (26) a 30 dias de prisão por convocar o protesto.

Em uma rede social, o prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, disse que as autoridades iriam agir decisivamente para garantir a ordem. Havia forte presença policial em frente à prefeitura nesta manhã e pelo menos 317 pessoas foram presas, incluindo lideranças oposicionistas.

A tensão ocorre em meio a um conjunto de mobilizações na capital russa. No último fim de semana, mais de 20 mil pessoas protestaram no centro de Moscou reivindicando o registro de candidatura dos candidatos de oposição.

Nenhum comentário