Tv espinha de peixe News

Produtor e músico André Midani morre aos 86 anos no Rio de Janeiro


Produtor e músico André Midani morre aos 86 anos no Rio de Janeiro
Foto: Divulgação
Um dos maiores nomes da indústria fonográfica brasileira, o produtor e músico André Midani morreu, aos 86 anos, na noite desta quinta-feira (13), no Rio de Janeiro. 

De acordo com informações do G1, a morte foi confirmada pelo filho do artista, Phelippe. Ainda segundo a publicação, Midani estava internado na Casa de Saúde São Vicente, na capital fluminense, onde tratava de um câncer. 

Natural de Damasco, na Síria, mas criado na França desde os 3 anos, em virtude da guerra na Argélia Midani veio ao Brasil em 1955, quando começou a trabalhar na gravadora Odeon (hoje EMI). Da bossa nova ao rock brasileiro dos anos 1980, o produtor foi responsável por lançamentos de nomes como Caetano Veloso, Gal Costa, Gilberto Gil, Elis Regina, Tom Jobim, Belchior, Hermeto Pascoal, Paulinho da Viola, Ney Matogrosso, Lulu Santos, Titãs, Kid Abelha, Tim Maia, Chico Buarque, Jorge Benjor, Luiz Melodia, Jards Macalé e Raul Seixas.

Amigo pessoal de André Midani, o produtor Liminha prestou sua homenagem nas redes sociais. “Nosso querido André Midani se foi. O mestre dos mestres. Com ele aprendemos muito. Eu não teria feito tudo que fiz, sem seus ensinamentos e a liberdade que me deu para criar. A música no Brasil, não seria o que foi sem a sua presença, seu entusiasmo, seu olhar artístico, sua sensibilidade e sua firmeza de não permitir ingerências de fora. Seu pragmatismo fazia com que as coisas acontecessem. Sua ligação com a Bossa Nova, o seu apoio à Tropicália, sua aposta no Rock e outras coisas que vieram depois, deixam claro sua importância. Sorte daqueles que puderam observar de perto seu jeito de trabalhar e viver. Obrigado André por tudo que você fez por mim, pelas pessoas, pela música e pela arte”, escreveu. 

Nenhum comentário