Tv espinha de peixe News

'A verdade aparece cedo ou tarde', diz Neymar após depor em São Paulo


por Carlos Petrocilo | Folhapress
'A verdade aparece cedo ou tarde', diz Neymar após depor em São Paulo
Foto: Lucas Figueiredo / CBF
O depoimento de Neymar durou cerca de quatro horas e meia e terminou no começo da noite desta quinta (13), na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo.

O atacante da seleção brasileira e do PSG chegou ao local de muletas, às 15h15, cercado por advogados e seguranças, para ser ouvido pela delegada Juliana Lopes Bussacos.

Na delegacia de Santo Amaro, o jogador precisou responder para Bussacos se teria estuprado e agredido a modelo Najila Trindade, no dia 15, em Paris.

"Agradeço o carinho de todos, estou tranquilo e agradeço as mensagens que recebi até agora. A verdade aparece cedo ou tarde", disse o atleta na saída do depoimento.

A promotora Flávia Merlini disse que "Neymar nega os crimes e respondeu de forma satisfatória."

A mulher registrou boletim de ocorrência no dia 31 de maio na delegacia em Santo Amaro. Em entrevista ao SBT no dia 5 de junho, Najila afirmou que viajou para Paris para fazer sexo com o jogador, porém Neymar teria praticado a força o ato sem uso de preservativo. No seu depoimento, no dia 7, ela confirmou essa versão.

O depoimento de Neymar, a princípio, é o último para que a delegada Juliana Lopes Bussacos conclua o inquérito policial. Ela tem até 30 dias, a partir de 31 de maio, para terminar a investigação. A tendência é que faça isso o quanto antes.

O caso atrai imprensas e curiosos e alterou a rotina da DDM. Nesta quinta (13), o prédio foi evacuado. Mulheres que precisavam registrar boletim de ocorrência não tiveram atendimento na DDM.

Enquanto Neymar prestava depoimento, um grupo de fãs do jogador se aglomerou na calçada da delegacia com faixas e frases como “verdade seja dita” e “golpe, não”. Também cantavam “Deus está contigo, Neymar”, trecho do hino nacional e “Neymar! Neymar”.

Segundo o chefe de investigador Júlio Borba, da DDM, 50 policiais fizeram a segurança interna. O número não leva em consideração o efetivo espalhado nos arredores. A movimentação na rua Padre José de Anchieta começou desde cedo. Viaturas da polícia também estacionaram nas ruas vizinhas para reforçar a escolta ao carro que traria o atleta.

Uma advogada de Neymar chegou ao prédio, na zona sul de São Paulo, antes do almoço, com rolos de papel pardo para cobrir todas as janelas do prédio da DDM. O prédio tem três andares. Neymar, com uma lesão no tornozelo que o tirou da Copa América, deveria depor no primeiro.

Emissoras de televisão alugaram imóveis ao lado da delegacia, inclusive numa rua paralela, para instalarem equipamentos de filmagem. Às 14h50, helicópteros da Band, Globo e Rocord começaram a sobrevoar a região de Santo Amaro.

Nenhum comentário