Tv espinha de peixe News

Manifestantes contra cortes na Educação começam a se mobilizar no Campo Grande


por Rodrigo Daniel Silva
Manifestantes contra cortes na Educação começam a se mobilizar no Campo Grande
Foto: Rodrigo Daniel Silva / Bahia Notícias
Manifestantes contra o bloqueio no orçamento das universidades e institutos públicos começam a se reunir, na manhã desta quinta-feira (30), no Campo Grande, em Salvador. A expectativa é que o protesto siga até a região da Praça Castro Alves.

Integrante da União da Juventude Socialista (UJS), a professora Débora Ireuda criticou os cortes nas instituições ordenados pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Na visão dela, a medida é uma “retaliação” aos membros de “espaços do pensamento crítico”. “Nenhum país consegue avançar sem investimento na educação. A gente sabe da crise, mas não é com corte da Educação que vai resolver”, pontuou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Foto: Rodrigo Daniel Silva / Bahia Notícias

Para ela, a chuva, que caiu na manhã desta quinta, não vai atrapalhar o protesto. “Pode chover, pode inundar, mas a rua vai lutar”, brincou. Farmacêutico da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Maurício Tavares endossou o discurso contra o bloqueio de recursos.

Perguntado se acha que o protesto terá efeito real, respondeu: “se não tiver, é pior”. “Essa é uma luta justa”, frisou. O estudante de Odontologia da Ufba, Geovane Santos, pediu que “as famílias abracem a luta” dos docentes e discentes. “A universidade não é só nossa. É de todos”, salientou.

Nenhum comentário