Tv espinha de peixe News

Sugestão de Boechat a Malafaia bomba em junho: 'Vai procurar uma rola

'

Sugestão de Boechat a Malafaia bomba em junho: 'Vai procurar uma rola'
Foto: Divulgação
O jornalista Ricardo Boechat protagonizou uma situação e tanto na rádio Band News. Na ocasião, o âncora mandou que o pastor Silas Malafaia procurasse uma "rola". Boechat comentava que, "no âmbito de igreja neopentecostais é que estão acontecendo os atos de intolerância religiosa", ao que Malafaia respondeu em seu Twitter. "Avisa ao jornalista Boechat, que está falando asneira, dizendo que pastores incitam os fieis a praticarem a intolerância. Verdadeiro idiota. Boechat, você é covade e medroso. Não preciso do seu programa para me promover. Desafio você fora do seu programa a qualquer debate. Não vai dar nem pra saída", escreveu Malafaia. Boechat não poupou palavras para rebater as declarações, chamando o midiático de "idiota", "paspalhão" e "pilantra". "Ô, Malafaia, vai procurar uma rola, vai. Não me enche o saco. Você é um idiota, um paspalhão, um pilantra, tomador de grana do fiel, explorador da fé alheia", continuou Boechat. Clique aqui para ver a declaração completa do jornalista.
 

(Foto: Reprodução/ Band Bahia)
 
Em âmbito local, a própria Band foi protagonista de uma situação judicial. A emissora foi condenada a pagar R$ 60 mil por dano moral coletivo por violação de direitos humanos durante a transmissão do programa Brasil Urgente Bahia. Na transmissão, a jornalista Mirella Cunha ironizou de forma vexatória o suspeito Paulo Sérgio Silva Souza, hoje condenado, debochando do linguajar do entrevistado. A condenação foi proferida pelo juiz substituto Rodrigo Brito Pereira, da 11ª Vara Federal em Salvador (clique aqui para saber mais).

(Montagem: Bahia Notícias)
 
Mas nada mexeu tanto com o país do que a fatídica morte do sertanejo Cristiano Araújo. A comoção chegou à Câmara dos Deputados, quando o petista baiano Jorge Solla propôs a criação da "Lei Cristiano Araújo", para obrigar a instalação de um detector de cinto de segurança. "O clamor popular para a morte do Cristiano Araújo pode nos deixar como legado a adoção de medidas que ajudem a reduzir o espantoso número de vítimas fatais em acidentes de trânsito no país", justificou o parlamentar na época (clique aqui para saber mais). Mas não foi apenas Jorge Solla que teve seu momento de aparição com a morte de Cristiano Araújo. Um vidente surgiu horas depois da morte do cantor, dizendo que teria enviado uma carta ao sertanejo para alertá-lo dos riscos que corria após o show realizado em Itumbiara (Goiás). Jucelino Nóbrega da Luz disse que enviou a carta no dia 8 de junho. "Esse show seu será em Itumbiara-Goiás, na volta será o maior perigo pra você, portanto, não queira voltar rápido. A velocidade poderá levar sua vida e de sua namorada também", teria escrito o vidente (clique aqui para ler a carta na íntegra).

Nenhum comentário