QUAL O NOME VERDADEIRO DE JESUS? - CLIK NA IMAGEM AQUI...

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Infecção de Urina: como acontece e como evitar

O feriado mais aguardado do ano está aí e não poderíamos deixar te deixar mal informado. Mas o que tem a ver infecção de urina com Carnaval? Simples, algumas causas são comuns neste período carnavalesco. A doença geralmente aparece após pouco consumo de água e por segurar muito tempo para ir ao banheiro. Típico do folião tradicional, desidratação e dificuldades de achar um lugar para urinar – ainda mais esse ano com o aumento da multa para 500 reais para quem fizer na rua em São Paulo.
Além disso, o calor influencia muito no processo, pois o suor concentrado na região íntima ajuda na proliferação de bactérias. “O indicado é usar roupas leves que tenham uma boa ventilação, já que roupas apertadas e justas impedem uma boa circulação de ar na região e acabam abafando e consequentemente causando a proliferação.”, aconselha Dr. Domingos.
Apesar de ser muito mais comum entre as mulheres por conta do curto canal da ureta é importante que todos estejam atentos para não perder o feriado.
No entanto, como identificar que está com a infecção? Segundo o Dr. Domingos, os sintomas são ardência ao urinar, sensação de bexiga cheia, alteração da cor da urina, febre e maior ida ao banheiro.

Recomendações

Além de vestir roupas leves é importante ingerir ao longo do dia ao menos 2 litros de água e jamais prender a urina quando sentir vontade de urinar. É importante também a higiene das regiões íntimas, usar um sabonete neutro para lavar a região. Para as mulheres o uso frequente de sabonete íntimo não é recomendado, pois baixa o Ph vaginal. E claro que para todos, a higienização após a transa é importante.
A higiene das roupas íntimas é primordial, a lavagem deve ocorrer com sabão neutro, não deixar a roupa lavada e molhada no banheiro devido a proliferação de fungos. Após lavar colocar em local arejado para secar naturalmente e após isso, passar para eliminar qualquer bactéria.
1