QUAL O NOME VERDADEIRO DE JESUS? - CLIK NA IMAGEM AQUI...

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Presidente do Peru expulsa Odebrecht do país: 'Eles estão contaminados pela corrupção'


Presidente do Peru expulsa Odebrecht do país: 'Eles estão contaminados pela corrupção'
Foto: Reprodução / Maryjuana
Com a justificativa de que "eles estão contaminados pela corrupção", o presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, quer que a Odebrecht venda seus projetos e deixe o país. A decisão de Kuczynski é consequência do reconhecimento do pagamento de propina da empresa, que soma US$ 29 milhões em troca de licitações de obras públicas entre 2005 e 2014. "A Odebrecht terá que vender seus projetos no Peru, alguns deles são muito bons em fornecimento de eletricidade, rodovias... Lamentavelmente há esse problema da corrupção, a Odebrecht tem que ir embora, acabou", afirmou o presidente à emissora RPP, nesta terça-feira (24). Para isso, a construtora brasileira precisa ainda chegar a um acordo com o Ministério Público do Peru, que está investigando os casos de subornos nas empresas brasileiras que operam no país. Para Kuczynski, o montante que a empresa adiantou pela devolução da propina está "muito baixo", se comparado aos 2,5 bilhões de dólares que a construtora vai pagar aos Estados Unidos. "O grande país onde havia toda a construção, além do Brasil, era o Peru, e nossa multinha é de 30 milhões de soles, uns 10 milhões de dólares? Que vergonha", ironizou o presidente. Ele informou que o MP também vai atuar sobre os ativos da empresa no país e verificar se a Odebrecht vai cumprir o pagamento. Diante desse quadro, o governo peruano resolveu interromper a concessão de um gasoduto avaliado em US$ 7 bilhões. A obra havia sido entregue a um consórcio liderado pela Odebrecht.