QUAL O NOME VERDADEIRO DE JESUS? - CLIK NA IMAGEM AQUI...

domingo, 30 de outubro de 2016

Ministério Público arquiva acusação de apologia ao estupro contra Alexandre Frota


Ministério Público arquiva acusação de apologia ao estupro contra Alexandre Frota
Foto: Reprodução / Na Telinha
Com o entendimento de que não houve apologia ao estupro, o Ministério Público decidiu arquivar o procedimento aberto contra pelo deputado Jean Willys (PSOL-RJ) contra Alexandre Frota. Willys alegou que o ator fez apologia ao crime durante uma entrevista concedida ao humorista Rafinha Bastos no programa "Agora É Tarde". O episódio foi exibido originalmente em maio de 2014 e reprisado em fevereiro de 2015. Na ocasião, Frota contou que, durante uma consulta, teve relações sexuais com uma mãe de santo e ela chegou a desmaiar. Após uma análise do caso, o MP reprovou a atitude do ator, mas concluiu que não houve apologia ao crime. "Não se vislumbra o dolo de 'fazer apologia', no sentido de elogiar, louvar, enaltercer, exaltar um fato criminoso ou autor de crime. No caso dos autos, Alexandre não teve o ânimo de exaltar a sua conduta (reprovável), mas apenas narrar um episódio de sua vida", diz o texto do documento assinado pelo promotor de Justiça, Paulo Sérgio de Castilho. Para o promotor, considerar o discurso de Frota como apologia ao estupro seria cercear a liberdade de expressão do ator.